Tratar descamação da pele

por | fev 9, 2012 | Saúde

Verão, muito sol, muito bronzeado, e o resultado: buscar como tratar a descamação da pele. A falta de hidratação, fricção e fatores ambientais também podem provocar o desprendimento da pele. Embora este é um problema temporário, já que a camada externa, a epiderme, se renova completamente a cada 28 dias, em média, alguns casos exigem cuidado extra.

Vale citar que a renovação natural da pele só se aplica quando a descamação não é derivada de doenças, como o eczema, eritrodermia, psoríase, ictiose, ou deficiência de vitamina A no organismo, pele muito seca, ou exposição ao frio extremo, entre outras condições. 

Para tratar em casa, o alívio imediato pode ser proporcionado por pepino ralado. Providencie a quantidade necessária para cobrir a área afetada, e aplique por 15, ou 20 minutos. Esta receita é eficaz para o rosto em especial, mas pode ser usada em todo o corpo. Repita até que seja necessário, fazendo aplicações diárias.

Hortelã fresco também é benéfico. Esmague um punhado de folhas, retire o sumo, e passe na pele descamada. Deixe agir por toda a noite. Esta receita é excelente para quem sofre com eczema, ou dermatite.

O mel e o azeite misturados com açafrão não só tratam essa condição, como também promovem o rejuvenescimento da epiderme. É mais indicado para quem sofre com a pele seca.

Até que a aparência da pele volte ao normal, coma frutas variadas, pelo menos 5 por dia, beba entre 8 e 10 copos de água por dia, e use sabonetes suaves.

Resista com firmeza à tentação de arrancar as pontinhas de pele, ou vai provocar mais danos, evite banhos em água muito quente e não esqueça de passar o protetor solar antes de expor-se ao sol, mesmo que por alguns minutos.

Após o banho, procure hidratar a pele com óleos essenciais. O óleo de coco extra virgem é um dos mais aconselháveis neste caso, e nas situações realmente graves, poderá incrementar a hidratação com suco de aloe vera.