null: nullpx

atleta-Tasaudavel: Últimas noticias, videos y fotos de atleta-Tasaudavel | Tasaudavel

atleta-Tasaudavel

Conteúdos Mais Recentes

PUB 15 Jan 2018 – 01:56 PM EST
ATU 14 Mar 2018 – 04:57 PM EDT

Goleiro que ficou tetraplégico volta a mexer a mão: como? Vídeos mostram evolução

O ex-goleiro do São Paulo, Bruno Landgraf, que ficou tetraplégico em 2006 devido a um acidente de carro, recuperou o movimento completo de uma de suas mãos por meio de uma cirurgia transformadora, mas ainda pouco conhecida.
PUB 20 Set 2017 – 06:00 AM EDT
ATU 15 Mar 2018 – 03:24 PM EDT

Especialista revela 5 truques mentais usados por quem consegue ter sucesso no treino

Você tem se dedicado nos treinos e mesmo assim não consegue alcançar os seus objetivos? Saiba que o problema pode ser psicológico.
PUB 21 Set 2016 – 03:15 PM EDT
ATU 20 Mar 2018 – 12:57 PM EDT

Para perder 11 kg em 5 dias, lutadora adota anticoncepcional: como poderia funcionar?

A lutadora curitibana Cris Cyborg, às vésperas de uma luta pelo UFC na categoria peso casado (63,5 kg), revelou sofrer para perder 11 kg até a pesagem, que aconteceria 24 horas antes do combate. Para conseguir atingir o peso desejado ela afirmou ter adotado uma técnica estranha: o anticoncepcional. Mas como é que isso poderia ajudar? Conversamos com uma ginecologista para entender essa relação.
4 min de leitura
PUB 30 Jun 2016 – 08:23 PM EDT
ATU 2 Abr 2018 – 01:38 PM EDT

Cheia de energia

Por:admin
Correr, malhar, dançar, praticar esportes... Ufa! Todas essas atividades físicas, em menor ou maior intensidade, causam, além de cansaço, perda de líquidos e sais minerais importantíssimos para o nosso organismo. Por isso, não faltam bebidas no mercado que prometem repôr tudo o que foi perdido, sem danos à saúde e sem risco de ganhar quilinhos extras. No entanto, é preciso saber quando e como tomar esses repositores - os isotônicos e os energéticos. Se consumidos da forma correta, eles podem ser mais benéficos para os esportistas do que a água.
3 min de leitura
PUB 30 Jun 2016 – 08:21 PM EDT
ATU 20 Mar 2018 – 12:57 PM EDT

Cheia de energia > Energético não é estimulante

Por:admin
Priscila alerta para a diferença entre esses energéticos e as bebidas estimulantes: "Não se deve confundir repositores energéticos destinadas à prática esportiva com estimulantes, que contêm substâncias que agem no sistema nervoso central, como cafeína, ioimbina e glucoronolactona. Em doses elevadas, as bebidas estimulantes podem gerar nervosismo, ansiedade, insônia, tremores e até distúrbios neurológicos, da mesma forma que o café, guaraná etc", afirma.
2 min de leitura
PUB 30 Jun 2016 – 08:20 PM EDT
ATU 2 Abr 2018 – 01:02 PM EDT

Bonito até debaixo d'água

Por:admin
A natação artística originou-se a partir do balé aquático, que apresentava acrobacias na água com música de fundo. Em 1892, esse tipo de balé na água já era praticado, mas só no século XX ele passou a ser mais conhecido, principalmente depois que a australiana Annette Kellermen se apresentou em um tanque de vidro nos Estados Unidos, em 1907. A estréia do nado sincronizado nos Jogos Olímpicos foi em 1948, como demonstração - a estréia oficial aconteceu só em 1984. É um dos poucos esportes olímpicos em que apenas mulheres participam (os outros são a ginástica rítmica e o softbol).
1 min de leitura
PUB 30 Jun 2016 – 08:20 PM EDT
ATU 20 Mar 2018 – 12:57 PM EDT

Uma boa sacada!

Por:admin
Na cola do basquete, o vôlei surgiu em 1895 nos Estados Unidos, pelas mãos do então diretor de educação física da Associação Cristã de Moços em Holyoke (Massachusetts), William G. Morgan. Chamado originalmente de mintonette, o volleyball foi inspirado pela febre do basquetebol, sendo uma alternativa menos cansativa e de menos contato para as pessoas mais velhas que queriam participar dos jogos. Já o vôlei de praia começou a ser praticado por volta de 1920, nas praias do Havaí e de Santa Monica, na Califórnia.
3 min de leitura
PUB 30 Jun 2016 – 08:19 PM EDT
ATU 2 Abr 2018 – 01:02 PM EDT

Beisebol e Softbol

Por:admin
Você pode até estranhar a prática desses esportes em terras brasileiras, mas o beisebol é muito popular em diversos países, principalmente nos Estados Unidos e no Japão - e foram justamente os norte-americanos e os imigrantes japoneses que trouxeram a atividade com bastão para cá. As origens, segundos historiadores, estão inicialmente em antigos jogos com bola e taco que foram evoluindo com o tempo. Mas a invenção "oficial" do beisebol se deu em 1839, em Cooperstown, Nova Iorque (EUA), pelas mãos de um cadete da escola militar de West Point. O softbol (inicialmente chamado de mushball, kittenball, diamondball e pumpkinball) é considerado uma versão "light" do beisebol. A idéia surgiu em 1887, também nos Estados Unidos, quando o jornalista George Hancock propôs um esporte ao estilo do beisebol, mas que pudesse ser jogado em quadras fechadas. Nas Olimpíadas, o beisebol apareceu pela primeira vez em 1904, sendo incluído como modalidade (masculino) só em 1992. Já o softbol estreou no programa oficial em 1996, ficando estabelecido que seria disputado por mulheres, enquanto o beisebol permaneceria reservado aos homens. Em Pequim, porém, as duas modalidades se despedirão dos Jogos Olímpicos.
3 min de leitura
PUB 30 Jun 2016 – 08:19 PM EDT
ATU 20 Mar 2018 – 12:57 PM EDT

Entre o futebol e o basquete

Por:admin
Na Antigüidade, inclusive na Grécia, jogos em que se manejavam a bola com a mão já eram conhecidos. Mas o handball moderno tem suas origens no final do século XXI, como parte do treinamento de ginastas, e tornou-se popular entre os alemães depois que o professor de educação física Max Heiser começou a praticá-lo com suas alunas. Após a 1ª Guerra Mundial, o handebol virou o esporte coletivo oficial da Alemanha, que conseguiu sua inclusão nos Jogos Olímpicos de Berlim, em 1936. O handebol de quadra é o único disputado nas Olimpíadas, embora ainda existam o outdoor (de campo) e o de praia.
2 min de leitura
PUB 30 Jun 2016 – 08:19 PM EDT
ATU 20 Mar 2018 – 12:57 PM EDT

Batendo um bolão

Por:admin
Em 1891, o professor de educação física James Naismith, da Associação Cristã de Moços, nos Estados Unidos, criou o esporte que mais tarde se tornaria um dos mais praticados no mundo: o basquetebol. A intenção era apresentar um jogo que pudesse ser praticado em quadras fechadas, protegendo os participantes do inverno rigoroso e do sedentarismo típico da estação. Quem contribui para a disseminação do esporte foram os soldados norte-americanos na Primeira Guerra Mundial, que costumavam jogar basquete nas horas livres. A modalidade estreou oficialmente nos Jogos Olímpicos em Berlim (1936), e em 1976 as equipes femininas passaram a competir nas Olimpíadas. No Brasil, os atletas do basquete tiveram grande destaque nas décadas de 50, 60 e 90 - isso sem contar o maior cestinha da história dos Jogos, Oscar Schmidt, o "Mão Santa". Para quem não sabe, a cantora Simone também foi jogadora de basquete profissional. Hoje, os brasileiros estão em alta em times internacionais.
2 min de leitura
PUB 30 Jun 2016 – 08:18 PM EDT
ATU 20 Mar 2018 – 12:57 PM EDT

Pólo aquático

Por:admin
Foi a primeira modalidade coletiva a ser integrada às Olimpíadas. Diz-se que o esporte teve suas origens na Inglaterra dos séculos XVIII e XIX, como uma versão adaptada do rúgbi em rios e lagos. Inicialmente, usava-se uma bola de borracha importada da Índia, chamada de "pulu" e pronunciada como "pólo", na Europa. Mais tarde, surgiria então o nome definitivo: "water polo" (pólo aquático). Em 1900, já popular em diversos países, o pólo aquático passou a fazer parte dos Jogos Olímpicos. Ainda que tenha uma boa atuação em Jogos Pan-Americanos, o Brasil não possui uma participação expressiva nas Olimpíadas.
1 min de leitura
PUB 30 Jun 2016 – 07:58 PM EDT
ATU 20 Mar 2018 – 12:57 PM EDT

Em ritmo de Olimpíadas

Por:admin
Não há como disfarçar uma certa empolgação quando os Jogos Olímpicos vão se aproximando. Ver os nossos atletas em performances perfeitas e dando verdadeiros exemplos de superação desperta um certo orgulho de nosso país e até mesmo uma vontadezinha de virar um atleta. E por que não? Para aqueles que alimentam esse sonho, saibam que ele não está tão distante assim da realidade. Muitas academias e instituições ensinam as técnicas e oferecem treinamento a quem quer ingressar na vida esportiva. E os benefícios são muitos.
2 min de leitura
Publicidade
Publicidade