Entenda por que você deveria passar sua calcinha a ferro (e como fazer isso)

por | jun 30, 2016 | Saúde

Nosso corpo é cheio de bactérias do bem, que são responsáveis por deixar as defesas imunológicas sempre ativadas e contribuir para funcionamento do organismo. Acontece que quando as bactérias ruins, e invasoras, se sobressaem sobre às boas na nossa flora vaginal, elas estabelecem um desequilíbrio que causa sintomas, como por exemplo, coceira na vagina e diarreia. E o verão é a época em que essas bactérias mais se desequilibram.

Leia também:
6 situações em que você não deve usar calcinha fio dental
Melhores calcinhas para quando você está menstruada
Depilação íntima: um método para cada tipo de pele

As bactérias e fungos que interferem na região íntima da mulher já estão ali, mas precisam estar em equilíbrio para não provocarem infecções. Quando há alguma alteração na flora vaginal, um dos principais sintomas que aparece é a coceira, mas também pode haver corrimento, vermelhidão e dor ao urinar.

Os microorganismos invasores mais comuns são o fungo da candidíase e a bactéria gardinerela. O fungo da candidíase já vive naturalmente no nosso intestino e, quando cai a resistência do corpo por algum motivo, como excesso de sol ou falta de sono, ele pode aparecer e se proliferar – além do corrimento, a infecção pode dar também coceira e ardor.

Evite infecções usando ferro e secador

Para prevenir, passar a calcinha no lado avesso, o do forro de dentro, também é um bom hábito já que o ferro pode matar os microorganismos. Como o verão é momento propício para que estes invasores se reproduzam com mais facilidade, muito cuidado também com as roupas banho.

Nunca use o biquíni de outra pessoa ou empreste o seu. Também evite amontoar várias peças juntas, o que também aumenta as chances de contaminação. Sempre estenda no varal e deixe secar o mais rápido possível e, evite ficar muito tempo com as peças molhadas no corpo.

Outra dica é usar um secador de cabelo para retirar a umidade do maiô ou biquíni e depois, optar por roupas largas, como saias e vestidos, para evitar que a região íntima fique úmida e quente, criando um ambiente favorável para bactérias e fungos.

Assista ao vídeo com dicas para higiene íntima: