null: nullpx
dentes sensíveis-Tasaudavel

7 dicas para reduzir a sensibilidade nos dentes

Publicado 30 Jun 2016 – 06:59 PM EDT | Atualizado 20 Mar 2018 – 12:57 PM EDT
Compartilhar

Quem tem dentes sensíveis sabe como às vezes é difícil lidar com o problema. Basta tomar um cafezinho ou um sorvete para a dor aguda e repentina atacar. Para ajudá-la a contornar esse desconforto, listamos sete dicas para reduzir a sensibilidade nos dentes. Confira!

Leia também:

* Esta matéria possui conteúdo publicitário

Escovar os dentes com muita força ou com uma escova de cerdas duras ajuda a desgastar o esmalte dos dentes, além de contribuir para a retração das gengivas, causando maior exposição da dentina. Por isso, prefira escovas macias e realize movimentos suaves. Crédito: Thinkstock

Evite consumir bebidas ácidas, como refrigerantes, energéticos e sucos de frutas cítricas. Se for consumi-los, prefira utilizar um canudinho, que diminui o contato da acidez com os dentes. Crédito: Thinkstock

Use um creme dental específico para dentes sensíveis, como Sensodyne. Sensodyne Extra Fresh, por exemplo, apresenta fórmula à base de cloreto de estrôncio que promove o alívio da dor. Consulte um dentista para saber qual produto é o mais adequado para a sua sensibilidade e evite utilizar cremes dentais abrasivos, pois eles prejudicam o esmalte dos dentes. Crédito: Thinkstock

Não utilize produtos clareadores ou realize qualquer tipo de tratamento branqueador sem consultar o seu dentista. Se já tiver hipersensibilidade, é melhor evitar. Crédito: Thinkstock

Prefira produtos com adição de flúor, como cremes dentais e enxaguatórios bucais, pois a substância ajuda a fortalecer o esmalte dos dentes. Crédito: Thinkstock

Ao temperar a salada, evite utilizar vinagre. Seu teor ácido pode desencadear a dor nos dentes sensíveis. Prefira utilizar apenas sal e azeite. Crédito: Thinkstock

Visite seu dentista a cada seis meses para que ele avalie a saúde da sua boca. Essa é a melhor forma de prevenir a hipersensibilidade dentinária e também de tratar o problema. Crédito: Thinkstock

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse