null: nullpx
machucado-Tasaudavel

Cientista estão criando curativo que gruda muito mais e não dói nem arranca pelos ao puxar

Composto presente em cola comum é um dos ingredientes usados no desenvolvimento do novo adesivo
Publicado 2 Set 2022 – 11:38 AM EDT | Atualizado 2 Set 2022 – 11:38 AM EDT
Compartilhar
Default image alt
Adesivo para curativos Crédito: RussieseO/Istock

Puxe o Band-Aid de uma só vez do machucado para evitar o sofrimento prolongado: o conselho para uso prático e até mesmo metafórico pode, no futuro, deixar de fazer sentido. Isso porque cientistas estão realizando testes para desenvolver um curativo que gruda muito mais e dói bem menos na hora de retirar.

Adesivo para curativo que não dói ao puxar


Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia, Estados Unidos, começaram a projetar um adesivo curativo que deve grudar duas vezes mais na pele – até mesmo em partes do corpo com pelos – mas doer bem menos ao ser retirado.

O produto seria especialmente importante para crianças com feridas na cabeça ou após cirurgia, mas teria uma ampla gama de aplicações para outras partes do corpo e também para adultos.

Para chegar ao novo curativo, os cientistas misturaram um polímero chamado álcool vinílico (ingrediente presente na cola comum) com ácido bórico, um composto natural frequentemente usado em antissépticos.


De acordo com a pesquisa, publicada no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences, os átomos de boro no ácido bórico se ligam às moléculas de álcool no polímero, criando um adesivo forte que pode manter uma ferida unida.

No entanto, quando o curativo é mergulhado em água por 30 segundos, os átomos de boro se desprendem das moléculas de álcool para se ligarem às moléculas de água. Neste ponto, o curativo pode ser retirado sem qualquer dor ou remoção dos folículos capilares.

No artigo científico, os estudiosos afirmam que os adesivos em desenvolvimento aderem melhor do que os curativos mais amplamente utilizados na medicina clínica atual.

Ciência e saúde

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse