null: nullpx
dores-Tasaudavel

Como é a dor de apendicite? De que lado da barriga aparece? Entenda os sinais e alertas

Conheça quais sintomas tendem a apontar para um quadro que merece atenção imediata
Publicado 17 Fev 2023 – 02:09 PM EST | Atualizado 17 Fev 2023 – 02:09 PM EST
Compartilhar
Default image alt
Dor de apendicite tem características bem específicas Crédito: Drazen Zigic/Getty Images/iStockphoto

A apendicite é o nome dado à inflamação do apêndice, pequeno órgão localizado na primeira porção do intestino grosso. Bastante comum, o quadro causa uma dor abdominal aguda que tende a começar em um lado específico da barriga antes de se espalhar por ela. Entenda como é a dor de apendicite, quais sintomas a acompanham e quando é indicado buscar atendimento emergencial.

Como é a dor de apendicite? Entenda este e outros sintomas


O principal sintoma de apendicite é a dor no abdômen e, em boa parte dos casos, este sintoma tem características bem específicas. A dor de apendicite acontece de forma gradual: começa no meio da barriga, ao redor do umbigo, e depois irradia para a lateral direita do abdômen.

O incômodo tende a piorar quando o paciente tosse, caminha ou realiza outros movimentos bruscos. Sem tratamento, a inflamação inevitavelmente piora e a dor se torna cada vez mais forte.


De acordo com informações da Mayo Clinic, além da dor no lado direito da barriga, a apendicite pode vir acompanhada de outros sintomas, como:


  • Náusea e vômito;
  • Perda de apetite;
  • Febre baixa que pode piorar à medida que a doença progride;
  • Prisão de ventre ou diarreia;
  • Inchaço abdominal;
  • Flatulência.

Apendicite: quando ir ao médico?


Diante de mais de um dos sintomas citados - especialmente a dor -, é indicado buscar ajuda médica imediatamente. Se a dor na região da barriga diminuir por algum tempo e, depois, piorar, é um sinal de que o quadro está avançado e de que o apêndice pode ter se rompido. Neste cenário, a urgência é ainda maior devido ao risco de infecção generalizada


O tratamento da apendicite geralmente envolve cirurgia para remover o apêndice inflamado. Antes do procedimento, o paciente pode ainda receber uma dose de antibióticos para tratar a infecção.

A operação de remoção do apêndice é relativamente simples e segura, com grandes taxas de sucesso. O procedimento geralmente é realizado por laparoscopia, minimamente invasivo e sob efeito de anestesia.

Saúde

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse