null: nullpx
saúde mental-Tasaudavel

Técnica que psicóloga usa para acalmar a mente relaxa ao som de uma palavra

Segundo a especialista, é possível vincular palavras a táticas de relaxamento, criando uma ferramenta útil para o dia a dia
Publicado 5 Abr 2022 – 10:59 AM EDT | Atualizado 5 Abr 2022 – 10:59 AM EDT
Compartilhar
Default image alt
- Crédito: microgen/iStock

Você já se viu em uma situação na qual mal conseguia raciocinar por ter sentimentos e pensamentos angustiantes tomando conta da mente? Ou teve dificuldades de dormir porque a cabeça não parava de trabalhar?

A ansiedade, especialmente após a pandemia de COVID-19, é um transtorno que causa tudo isso e muito mais – e, apesar de parecer impossível em alguns momentos, as dicas desta psicóloga podem te ajudar a acalmar a mente ansiosa.

Ansiedade: como acalmar a mente?


Caracterizado pela Associação Americana de Psicologia como um quadro marcado por pensamentos intrusivos, preocupação excessiva e até sintomas físicos como suor, tremedeira, tontura e taquicardia, o transtorno de ansiedade é algo cada vez mais comum.

Complexo, o problema prejudica a qualidade de vida e geralmente requer auxílio profissional – mas, baseando-se na própria experiência, a psicóloga Marina Harris encontrou uma forma surpreendente de acalmar a mente que pode facilitar a vida dos ansiosos.

Em uma carta publicada no site “ Psychology Today”, Marina explicou que esperar o pior cenário possível em situações desafiadoras é algo natural do cérebro humano, e que ouvir conselhos como “relaxe” e “pare de se preocupar” apenas pioram a situação.

Existe, porém, uma maneira de acostumar o cérebro a se acalmar automaticamente sob um comando – algo que, segundo ela, é bastante estudado e recebe o nome de “relaxamento controlado por sinais”, em tradução livre.

Como acalmar a ansiedade com uma palavra

Conforme explica Marina, esta técnica se baseia na ideia do condicionamento da mente, algo comprovado, por exemplo, pelo experimento icônico feito pelo psicólogo Ivan Pavlov no século 19. Na época, o especialista percebeu que, após associar comida ao som de um sino, era possível fazer um cachorro salivar automaticamente ao ouvir o som, mesmo sem ver a comida ou tê-la por perto.

Da mesma forma, Marina afirma que é possível treinar a mente para responder de uma forma específica a uma palavra – tudo com o seguinte passo-a-passo:


  • Escolha uma palavra

Segundo a psicóloga, a primeira etapa é escolher uma palavra que seja associável a relaxamento profundo. “Eu, pessoalmente, uso a palavra ‘sossegar’”, afirma ela, que também sugere “relaxe” ou “calma”.

  • Pratique técnicas de relaxamento enquanto diz a palavra


Em seguida, a ideia é escolher uma técnica de relaxamento para ligar à palavra. Ele pode ser, por exemplo, um exercício de respiração (inspire enquanto conta lentamente até seis, segure o ar por cinco segundos e expire contando novamente até seis) ou um momento de automassagem (pressionando as têmporas levemente com movimentos circulares). Enquanto pratica o exercício, diga a palavra escolhida em voz alta, focando em soltar e relaxar todas as partes do corpo.

Tente fazer isso de duas a três vezes por dia durante períodos de três a cinco minutos ou até sentir o relaxamento pleno.


  • Reduza o tempo da prática gradualmente

Após praticar isso por alguns dias, a palavra escolhida estará “pareada” com sensações de relaxamento na mente e, pouco a pouco, a ideia é reduzir o tempo dos treinos. Se os exercícios duravam inicialmente cinco minutos, experimente treinar por apenas quatro. Após alguns dias, experimente fazê-lo durante três minutos, até que chegue o momento em que o cérebro relaxa quase instantaneamente após a palavra-chave ser dita.

Bem-estar e saúde mental

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse