null: nullpx
cérebro-Tasaudavel

Mente livre > Dicas para meditar

Publicado 30 Jun 2016 – 08:03 PM EDT | Atualizado 20 Mar 2018 – 12:57 PM EDT
Compartilhar

Ainda não chegou lá? Calma, não adianta se precipitar. Os professores garantem que com a cabeça leve e muita paciência qualquer um é capaz de meditar. Veja as dicas do Espaço Nirvana para facilitar a meditação.

1) A meditação começa no momento em que você se prepara para ela. Procure entrar na sala em silêncio e desligue aparelhos sonoros.

2) Sente-se confortavelmente, esse não é o momento de testar sua flexibilidade ou resistência. Seu corpo precisa estar em paz para que você possa mergulhar dentro de si mesmo. É importante manter a coluna ereta: se estiver sentado no chão, experimente colocar uma almofada ou um bloco sob os quadris e, se precisar, apóie-se contra a parede ou sente-se em uma cadeira.

3) Feche os olhos, volte sua atenção para dentro. Observe as batidas do seu coração, a pulsação do corpo, sinta a energia da vida movendo-se dentro de você. Enfoque-se no seu movimento respiratório, por ele acontecer independente da sua vontade, você pode observá-lo sem esforço.

4) É bem comum que, assim que sentamos para meditar, a mente jogue pensamentos numa velocidade assustadora. Relaxe e somente observe-os, sem se prender a eles. Por exemplo, se surgiu: minha geladeira esta vazia, OK, deixe ela vazia, agora não é hora da lista de compras.

5) Seja gentil com você mesmo, comece se propondo a ficar sentado por cinco minutos, assim você não gera ansiedade antes mesmo de começar. Aos poucos, o seu corpo vai gostando da brincadeira e você vai alongando o tempo.

6) É importante observar as sensações que surgem sem julgamento, observe: sim, meu estômago embrulhou, minha perna tremeu, deixe tudo isso acontecer como se estivesse se olhando de fora. No início, a mente é como uma criança mimada: vai chiar, choramingar, mas, aos poucos, você a educa.

7) Se você sentir algum desconforto muito grande no seu corpo, procure arrumar sua posição com leveza e, novamente, volte-se para dentro.

8) Quando quiser sair da meditação, abra os olhos devagar, vá lentamente movendo seu corpo, tentando manter um estado de quietude. Uma saída tranqüila da meditação facilita na sua próxima entrada.

9) Saia da sala em silêncio, respeitando quem ainda está lá e procurando levar esse estado de paz para o resto do seu dia.

10) Não crie expectativas, é importante ter em mente que não existe uma meditação boa ou ruim. Sinta o calor do seu coração e vá adquirindo a certeza de que, a qualquer momento, você pode sentar-se e voltar-se para dentro e achar conforto no seu próprio ser interior.

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse