Simony descobriu síndrome do pânico após episódios severos e sintomas físicos: entenda

por | set 14, 2017 | Saúde

https://www.instagram.com/p/BQLVfo4jvAa/?hl=pt-br&taken-by=simonycantora

A cantora Simony teve síndrome do pânico, transtorno de ansiedade marcado por medo intenso, e que o desencadeador foi a morte de um parente. A revelação foi feita em entrevista no programa o “Superpop”, da RedeTV!, em que relatou duas situações extremas que foram provocadas pela doença.

Simony tem síndrome do pânico

Simony disse que teve a doença há muito tempo, logo após o falecimento de seu tio. Segundo ela, a condição chegou a lhe causar alterações físicas e atingiu um grau muito elevado.

A cantora foi submetida a exames antes de descobrir a doença e afirma ter encontrado a cura na religião.

https://www.instagram.com/p/BY7H4bfgDbj/

Sintomas físicos

“Eu desmaiei no velório e não era a mesma pessoa quando acordei”, relatou sobre o início da doença. “Meu braço formigava muito e eu achava que teria um ataque, a visão ficava turva e tinha medo da morte”, contou a também apresentadora.

Episódios extremos 

A atriz ainda disse que precisava dormir segurando a mão de sua mãe. “Eu dizia: ‘Se você vir que estou morrendo, me puxa'”, relatou Simony em referência ao excessivo medo de morrer.

Ela ainda contou que chegou ao grau mais alto de síndrome do pânico, o que a levou a um ato surpreendente: “Uma vez, deixei o carro ligado dentro do túnel e saí correndo.”

https://www.instagram.com/p/BYZ7JBegd9H

Cura pela religião

A artista afirmou que conseguiu enfrentar a doença com o apoio da fé encontrada na rede evangélica. “Deus me deu muitas coisas lindas, acredito e tenho certeza que foi um milagre. Nunca mais tive nada e, quando me dá um negócio, digo: ‘Aqui a porta está fechada, você não entra mais'”, ressaltou.

Crises de pânico são principal característica da doença

A síndrome do pânico é um transtorno psiquiátrico que faz o cérebro hiperativar suas reações de luta e fuga, gerando episódios repentinos de uma forte sensação de medo em que parece que algo muito ruim acontecerá. 

Sintomas físicos

shutterstock

Ainda é possível notar sintomas de síndrome do pânico no corpo, como:

  • Mudança no ritmo cardíaco
  • Sudorese
  • Tremor
  • Sensação de falta de ar
  • Dor ou incômodo no tórax e abdômen
  • Ânsia
  • Vertigem ou tontura
  • Boca seca
  • Calafrio ou calor
  • Formigamento
  • Sensação de irrealidade

Como tratar?

Existem tratamentos muito eficazes para a síndrome do pânico. O importante é buscar ajuda logo no início do problema, já que a demora aumenta o sofrimento do paciente e de seus familiares.

O caminho para cura consiste em medicamentos que visam reduzir a ansiedade e psicoterapia, que ensina a lidar com as crises e afastar os pensamentos induzidos pelo pânico.

Famosos com síndrome do pânico