Nutrientes essenciais para uma boa noite de sono

por | mar 3, 2014 | Saúde

Ter uma boa noite de sono é essencial para manter o organismo saudável, desenvolver habilidades de memorização e aprendizado.. “É importante ressaltar que, durante a noite acontece a troca e regeneração celular. O sono reequilibra hormônios responsáveis pela sensação de prazer, humor,boa disposição, além de aumentar a sensibilidade à leptina, responsável por informar ao organismo a ausência da fome”, explica a consultora do sono, Renata Federighi.

Leia também:
Óleo de amendoim faz bem ao coração
5
 chás que ajudam na digestão
B
enefícios do chá de melissa

Embora os principais empecilhos para essa atividade sejam a insônia e a ansiedade, a alimentação está muito relacionada a qualidade do sono. Já é de conhecimento geral que as comidas pesadas, muito açucaradas e ricas em cafeína espantam o sono; por outro lado existem nutrientes que melhoram a  qualidade do sono e que são muito importantes para o bom funcionamento do corpo.Na hora de preparar a última refeição do dia, atente-se À presença de certas substâncias que te farão dormir melhor.

Nutrientes para dormir bem

Triptofano

“O triptofano é um aminoácido que participa da formação da melatonina, hormônio responsável pela sonolência”, comenta a especialista da Duoflex. Para garantir quantidade suficiente desse nutriente, aposte em refeições com queijo, leite, frutas como banana, maçã e uva, além de castanhas e amendoins.

Licopeno

Encontrado em frutas como mamão, tomate e melancia, esse carotenóide tem uma poderosa ação antioxidante, favorecendo o processo de regeneração das células durante o período de sono e contribuindo, assim, para uma noite melhor aproveitada pelo corpo.

Selênio

Além de ser um nutriente importante para eliminar toxinas do organismo, selênio tem poder antioxidante e fortalece o sistema imunológico. É comprovado que dietas fracas em selênio estão relacionadas au aumento da sensação de fadiga e dores musculares. Para garantir uma boa noite de sono, aposte em elementos leves ricos nessa substância, como peixes e mariscos, que podem ser consumidos frescos, cozidos ou assados.