null: nullpx
procedimento estético-Tasaudavel

Naldo mostra necrose no nariz após "rinoplastia não-cirúrgica": técnica é simples, mas traz riscos

Devido à complicação - que é rara, mas possível -, o cantor está fazendo oxigenoterapia hiperbárica
Publicado 28 Nov 2022 – 03:16 PM EST | Atualizado 28 Nov 2022 – 03:16 PM EST
Compartilhar
Default image alt
Naldo Benny surgiu com manchas no nariz e assustou o público Crédito: @naldobenny/Instagram

Dias após realizar um procedimento estético no nariz, o cantor Naldo Benny deixou o público assustado ao surgir com manchas escuras na pele da região, e explicou estar fazendo um tratamento.

De acordo com postagens do próprio cantor, o procedimento realizado foi uma rinomodelação, processo em que ácido hialurônico é injetado no nariz para mudar seu formato – e, apesar de ser relativamente simples, ele traz risco pouco discutidos, como o processo de necrose que afeta o cantor.

Naldo Benny tem complicação de procedimento estético "da moda"


Recentemente, Naldo Benny usou as redes sociais para revelar ter feito uma rinomodelação, técnica pouco invasiva que foi popularizada nos últimos anos. Apesar de simples, porém, o procedimento trouxe complicações para o cantor, que surgiu com manchas bem escuras no nariz, além de descamação na pele.


Após preocupar o público com a aparência do nariz, Naldo surgiu nos Stories mostrando a pele de perto e prestes a iniciar uma sessão de oxigenoterapia hiperbárica, processo utilizado, segundo a Sociedade Brasileira de Medicina Hiperbárica (SBMH), para acelerar a cicatrização de feridas complexas.

“Ontem estava muito feio o nariz, eu não expliquei a vocês, mas estou muito melhor. Não está doendo tanto, está bem mais claro, mas ainda dói um pouquinho. Se comparado ao que era, está bem diferente”, disse ele.

Necrose após rinomodelação: por que acontece?


De acordo com informações do Instituto Brasileiro de Ensino e Pesquisa da Medicina Hiperbárica (IBEPMH) publicadas em um estudo acerca da oxigenoterapia em casos de necrose por procedimentos estéticos, preenchimentos com ácido hialurônico podem causar complicações sérias.


Apesar de não ser algo frequente, a necrose é uma destas complicações e, segundo a instituição, ela acontece em aproximadamente 0,001% dos procedimentos estéticos com preenchimento.

Isso porque, ao aplicar as injeções, é possível comprimir vasos sanguíneos ou causar obstruções intravasculares – algo que, ao prejudicar o fluxo de sangue na região, não permite a oxigenação dos tecidos, causando a morte das células.

Em casos assim, indica-se o tratamento com hialuronidase (enzima que age na quebra do ácido hialurônico), compressas, medicamentos anti-inflamatórios e, em casos graves, a oxigenoterapia hiperbárica.


Nesta última modalidade, o paciente fica uma câmara com pressão até três vezes maior que a do nível do mar e, combinando isso à exposição a uma atmosfera com concentração de oxigênio em 100%, acelera a cicatrização de tecidos como os afetados por necrose.

Procedimentos estéticos: riscos e mais

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse