Hidrogel é perigoso? Médico explica riscos do produto

por | dez 4, 2014 | Saúde

Depois dos casos de morte de uma mulher em Goiânia e de infecção de Andressa Urach, surgiram dúvidas sobre a segurança da aplicação do hidrogel. Afinal, será que essas cirurgias específicas foram feitas de forma inadequada, ou o produto oferece riscos à saúde? Conversamos com o cirurgião plástico Dr. Alexandre Kataoka para entender como e quando o hidrogel deve ser usado.

Leia também
Andressa Urach: cirurgias transformaram corpo da famosa; veja fotos antigas
10 mandamentos da cirurgia plástica sem riscos; confira e proteja-se
Lipoaspiração reduz gorduras localizadas, mas pode trazer sérios riscos

Colocar hidrogel é seguro?

Segundo o médico, o procedimento é seguro, desde que seja feito da maneira correta. “Tanto é seguro que o hidrogel é um produto homologado pela Anvisa. Só que existem critérios, regras que devem ser seguidas para que ele seja invejado sem colocar em risco a vida da paciente”, explica.

Usar em regiões inadequadas e em grandes quantidades são os principais erros. O hidrogel é feito para preencher pequenas partes do corpo, em especial no rosto, para corrigir rugas e deformidades. Não deve ser usado como um substituto do silicone, para aumentar regiões como o bumbum, por exemplo, por pura estética.

Além disso, é importantíssimo procurar por um profissional que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica ou de Dermatologia, que esteja apto para realizar a cirurgia.

Riscos do hidrogel

Dr. Kataoka lembra que qualquer intervenção cirúrgica pode oferecer riscos, mas que, quando feita da forma correta, eles são mínimos. No caso do hidrogel, podem acontecer infecções, necrose e apodrecimento da pele da região onde for aplicado. Ainda há o risco de o produto penetrar em algum vaso sanguíneo e causar obstrução, levando a um quadro de embolia.

Morte e infecção após aplicação do hidrogel

Os dois casos mais recentes e polêmicos relacionados ao uso do hidrogel não seguiram as recomendações para uma aplicação segura. A ex-vice Miss Bumbum aplicou uma quantidade absurda de hidrogel para aumentar as coxas e acabou sofrendo com uma infecção generalizada. O outro caso aconteceu com uma mulher que usou o produto para aumentar o bumbum e morreu após ter uma embolia pulmonar (obstrução de vaso sanguíneo).

Erros ao aplicar hidrogel

  • Usar como substituto do silicone para aumentar o tamanho de determinadas partes do corpo
  • Aplicar mais do que a quantidade recomendada pela Anvisa, que é de 2 a 3 ml do produto. (Andressa Urach colocou 400 ml de hidrogel em cada perna)
  • Usar um gel que não seja original ou aprovado pelos órgãos competentes. (O hidrogel usado por Andressa Urach está irregular na Anvisa)