null: nullpx
aparato digestivo-Tasaudavel

Efeitos das especiarias nos alimentos

Publicado 30 Jun 2016 – 06:25 PM EDT | Atualizado 2 Abr 2018 – 09:32 AM EDT
Compartilhar

Apesar de ser este o objetivo na culinária, os efeitos das especiarias nos alimentos não se restringem somente a dar mais sabor. Além dos benefícios para a saúde, há especiarias que são ricas em nutrientes, podendo ser, por exemplo, fonte de antioxidantes. O segredinho é saber o momento correto de colocá-los durante a preparação da comida.

Mais sabor, mais saúde

Protetores

Infelizmente, a carne, ou legumes e vegetais, podem conter bactérias, que usam os alimentos como meio de transporte para ingressar no corpo humano. Nesse contexto, há temperos que cumprem o papel de exterminadores de micro-organismos nocivos. O que apresenta maiores resultados é o alho. E enquanto o cominho e a pimenta preta são “fracos” para a eliminação de agentes nocivos, a mostarda, a canela e o gengibre são potentes para este fim (cada especiaria deve estar no alimento no mínimo por 20 minutos antes do preparo). No caso das folhas, como a alface, o melhor é colocar 3 colheres de sopa de vinagre em 1 litro de água, e deixá-las imersas, também por 20 minutos, antes do consumo.

Antioxidantes

Conforme a publicação no periódico americano " Journal of Medicinal Food”, consumir alimentos com determinadas especiarias e ervas aromáticas melhora o funcionamento da função renal, aumenta a resistência do corpo contra a diabetes, e combate os radicais livres. Ervas como o manjericão previnem a ação oxidativa, ou o envelhecimento das células. Coentro, salsa, alho e o gengibre também formam uma boa equipe. No caso das ervas, há que adicioná-las no momento final do preparo para que não percam suas propriedades durante o cozimento. Para prevenir náusea, ou problemas no aparato digestivo, as mais recomendadas são a canela, gengibre e noz-moscada.

Prevenção de doenças

O uso constante e correto de especiarias também previne doenças. Um bom exemplo é a condição caracterizada pela rigidez das veias arteriais, a aterosclerose. Acrescentar, sempre que possível, 2 pitadas de açafrão em carnes, ensopados, ou até mesmo no arroz - sempre na fase final do cozimento, inibe que esta condição ataque o organismo. Outro bom exemplo de especiaria que previne doenças é a sálvia. Adicionar nos pratos apenas 2 folhas frescas, no máximo 3 vezes na semana, pode ser usado com bastante eficácia. Ajuda a controlar o funcionamento das glândulas sudoríparas (deixa o corpo “cheirando bem”), melhora a resistência à infecções e deixa pele e cabelo saudáveis. É excelente para dar sabor as massas. Pique as folhas e salpique por cima do prato. Bom para o paladar, ótimo para a saúde!

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse