null: nullpx
cisto-Tasaudavel

Cisto na vulva é problema que muitas nem notam, mas pode precisar de cirurgia

Publicado 7 Set 2018 – 02:00 PM EDT | Atualizado 7 Set 2018 – 02:00 PM EDT
Compartilhar

Normalmente causado em decorrência a uma inflamação localizada nas glândulas de Bartolhin, o cisco na vulva pode ser imperceptível inclusive entre mulheres que acompanham de perto as características de seu corpo. Suas implicações, no entanto, não são tão sutis, sendo muitas vezes necessário recorrer a uma cirurgia para resolver o quadro.

O que são as glândulas de Bartholin?

As glândulas de Bartholin são responsáveis por produzir a lubrificação na vulva e na parte externa da vagina, principalmente durante a relação sexual. Elas são dois pares de glândulas que ficam localizadas nos pequenos lábios, próximas à entrada da vagina, e são imperceptíveis ao olhar humano.

Cisto de Bartholin

Este problema acontece quando a saída de um ou de ambos orifícios da glândula de Bartholin fica obstruída. Isso faz com que o muco produzido para a lubrificação fique preso dentro da própria glândula, o que gera a formação de um cisto.

Por ser pequeno e indolor, o cisto de Bartholin costuma passar despercebido no início de sua aparição, contudo, à medida em que vai crescendo, o desconforto vai se tornando presente. Esse processo é bem demorado, uma vez que podem levar de meses a anos para


o cisto crescer mais do que 1 cm. Apenas a partir de 3 centímetros que o caroço passa a se tornar desconfortável ao toque e em relações sexuais. Contudo, é importante que a mulher vá ao ginecologista assim que perceber qualquer caroço em sua vulva, ainda que não tenha dor.

Tratamento para o cisto de Bartholin

Normalmente os cistos de Bartholin desaparecem espontaneamente após alguns dias de sua aparição. Entretanto, existem alguns casos em que o desconforto é tanto que chega a ser recomendada uma cirurgia para drenar o cisto. Independente da intensidade do incômodo, é essencial contar com um acompanhamento médico antes de qualquer procedimento.

Saúde íntima

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse