40% da população mundial tem esta bactéria no estômago: o que ela faz e como tratar

por | dez 4, 2018 | Saúde

Conhecia pelo estômago de quase metade da população mundial, a bactéria Helicobacter pylori, popularmente conhecida como H. pylori, é responsável por gerar aquela sensação de barriga estufada, familiar para muitas pessoas.

Outro quadro ao qual ela é associada, é na gastrite. Isto acontece porque a bactéria aumenta a produção de ácidos no órgão e reduz a proteção natural da mucosa, deixando-a mais frágil e propensa a lesões.

A melhor forma de evitar contrair a bactéria é com rigor de higiene e com acesso ao saneamento básico, já que a H. pylori é transmitida por meio do contato direto com vômitos ou fezes infectadas ou pelo consumo de água e alimentos contaminados.

Como tratar?

Para saber se você está contaminado com a bactéria é preciso um exame de endoscopia. Mas sua presença pode ser sentida por meio desses sintomas:

Shutterstock
  • Dor abdominal
  • Queimação abdominal
  • Ânsia
  • Vômito
  • Perda de apetite
  • Sensação de estômago estufado
ShutterStock

Tratamento

O tratamento contra a H. pylore é simples: consiste no uso de medicamentos antimicrobianos para eliminar a bactéria e de inibidores de bomba de prótons (IBP), para reduzir a acidez gástrica e trazer alívio.

Os cuidados duram cerca de 14 dias e têm 80% de eficácia. Durante o tratamento é indicado que a pessoa evite o consumo de álcool e de alimentos ácidos, que ataquem diretamente o estômago, além de condimentos, frituras e embutidos.

Doenças gastrointestinais