null: nullpx
musculação-Tasaudavel

Ordem de exercícios faz diferença? Personal diz que sim e conta melhor jeito de secar

Publicado 30 Jun 2016 – 05:23 PM EDT | Atualizado 3 Abr 2018 – 09:17 AM EDT
Compartilhar

Exercitar-se é um hábito essencial para atingir o peso desejado. No entanto, o modo com você faz isso pode influenciar muito no resultado, tanto acelerando a queima de gorduras quanto impedindo que você gaste todas as calorias que poderia.

Hoje, muitas pessoas sabem que, para emagrecer, não basta apenas fazer exercícios aeróbicos: a musculação é essencial. Além de definir o corpo e aumentar o percentual de massa magra, ela garante aceleração do metabolismo e dificulta muito o temido efeito sanfona, que é quando você emagrece e logo depois recupera o peso. Mas, mais do que isso, o treino de força é capaz de potencializar os resultados do exercício aeróbico – isso é, quando feito da maneira certa.

Segundo o personal trainer Carlos Vidal, que atua no Rio de Janeiro, realizar a musculação antes ou depois do exercício aeróbico faz toda a diferença no resultado e é algo que deve ser definido de acordo com o objetivo do aluno.

Aeróbico antes da musculação

Esta é melhor opção para quem quer fortalecer os músculos, essencial para quem pratica corrida por exemplo, para evitar lesões. Isso porque o treino de força após o aeróbio garante maior oxigenação do corpo.

Musculação antes do aeróbico

Já esta alternativa é a ideal para quem quer perder peso e gordura. "Quando você se exercita, seu corpo usa o glicogênio como fonte de energia e, quando ele se esgota, usa a gordura com a mesma finalidade. Como o glicogênio é mais consumido na musculação, é no treino aeróbico que o processo de perda de peso irá se acelerar", explica o profissional.

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse